Recuperación del residuos Aeropuerto Santiago

Com Veolia Chile, aeroporto de Santiago quadruplica reciclagem e lança plano para recuperar todos os resíduos até 2050

Com Veolia Chile, aeroporto de Santiago quadruplica reciclagem e lança plano para recuperar todos os resíduos até 2050 . 

 

  • O terminal aéreo iniciou um plano de reciclagem piloto com a Veolia em 2021.

  • Entre janeiro e maio deste ano, foram recuperados em média 21 mil quilos de resíduos, quatro vezes mais que em 2019. 

 

Antes da pandemia, o aeroporto Arturo Merino Benítez, em Santiago, principal aeroporto do Chile, conseguia recuperar pouco mais de 2% dos resíduos que gerava. Entretanto, desde meados de 2021, com a entrada em vigor de um plano piloto para uma gestão mais sustentável dos resíduos, esse número quadruplicou.

 

O projeto faz parte da estratégia de sustentabilidade de Nuevo Pudahuel, responsável por vários planos de ação com o apoio de empresas especialistas em reciclagem, entre elas Veolia Chile, que tem o objetivo de traçar uma rota de recuperação dos resíduos que são gerados no terminal aéreo e que podem ser reutilizados.

 

Entre janeiro e maio de 2022, foram recuperados em média 21 mil quilos de resíduos por mês, incluindo papelão, plástico, lixo orgânico, vidro, latas e outros materiais. Todos os resíduos foram destinados para plantas de recuperação, reduzindo assim o envio desses materiais para os aterros sanitários de Santiago. O primeiro balanço mostra que, naquele período, 8% de tudo o que antes era destinado para os aterros foram reciclados, ou seja, três vezes mais do que o alcançado antes da pandemia. O objetivo para Nuevo Pudahuel é recuperar 15% dos resíduos até o final deste ano. 

 

 

Como consórcio, estamos comprometidos com o crescimento da indústria aérea no Chile, abrindo novas rotas, atraindo novas companhias aéreas e melhorando a experiência de viagem no aeroporto de Santiago. Mas tudo isso tem que ser feito pensando em como cuidamos de nosso planeta. Hoje, temos o dever de fazer as coisas de maneira diferente e este plano de reciclagem procura cuidar dos resíduos que podemos reutilizar e recuperar, para que eles não acabem em um aterro sanitário. Esta é uma das várias ações que nosso consórcio está realizando para cuidar do meio ambiente
Xavier Lortat-Jacob
Gerente Geral de Nuevo Pudahuel.

A Veolia é uma empresa de origem francesa e especialista em serviços ambientais, através da gestão de água, energia e resíduos participou deste plano de reciclagem.

Dentro de nosso propósito, que é apoiar a Transformação Ecológica nas indústrias e cidades, o que estamos fazendo junto com nosso cliente Nuevo Pudahuel, operador do principal aeroporto do país, é um passo significativo. É um exemplo de como empresas de diferentes indústrias são motivadas por metas de sustentabilidade, assumindo a responsabilidade pelo impacto que geram. E nós, como especialistas, trabalhamos lado a lado com eles para atingir este objetivo, envolvendo todas as partes interessadas: colaboradores, fornecedores, locatários e passageiros, pois neste momento, toda ação conta para nosso planeta.
Felipe Larraín Aspillaga
Diretor Nacional da Veolia Chile

RESULTADOS VALIOSOS

 

Nos primeiros cinco meses de 2022, cerca de 106.590 quilos de resíduos foram reciclados, um número que excede tudo o que foi recuperado em 2021. Este plano de reciclagem inclui treinamento para operadores de carga, companhias aéreas e serviços de gestão aeroportuária em terra, para fortalecer a separação de resíduos em sua origem. Além disso, foram fornecidas gaiolas metálicas para o processo de separação nos porões de carga e uma posterior coleta seletiva do material reciclado durante três dias por semana, que é então levada para uma planta de recuperação autorizada pelo Ministério do Meio Ambiente. 

 

Nos primeiros cinco meses do ano, foram reciclados quatro vezes mais resíduos do que antes da pandemia. Um número considerável, levando em conta que entre janeiro e maio de 2019, mais de 3,3 milhões de passageiros viajaram pelo aeroporto de Santiago em comparação com o mesmo período de 2022.

 

À medida que este projeto avança, novas sinalizações serão criadas para as salas de resíduos, novos pontos de reciclagem e um programa de compostagem. O objetivo é aumentar gradualmente a quantidade de material reciclado para que, até 2050, nenhum resíduo proveniente do aeroporto Arturo Merino Benítez, em Santiago, acabe em um aterro sanitário.

 

Este plano se soma a várias ações ambientalmente sustentáveis que Nuevo Pudahuel está realizando, com o objetivo de tornar o complexo aeroportuário neutro em carbono até 2050. Incluindo a instalação de uma planta fotovoltaica de 20 mil painéis no telhado do edifício, e a recente assinatura de um acordo entre o consórcio e a Air Liquide, Colbún e Copec, que põe em marcha um plano para que o principal terminal aéreo de Santiago funcione com hidrogênio verde no futuro.